Banner Notícia

Acadêmicos de Direto serão monitores no projeto Vereador Municipal Mirim

Posse para 44 estudantes do Ensino Fundamental ocorreu na tarde de quarta-feira, 09, no plenário da Câmara de Montes Claros

Em se tratando de política, nada é mais importante que entender a Cidadania, Direitos e Deveres e conhecimento sobre Políticas Públicas voltadas para o bem-estar social da Comunidade. É neste sentido que 44 jovens e adolescentes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental II tomaram posse na tarde de quarta-feira, 09, como novos vereadores municipais mirins.

Projeto da Escola do Legislativo da Câmara de Montes Claros, há quatro anos busca despertar nos participantes o interesse pela política, a consciência crítica e o trabalho em grupo para o bem comum da sociedade na qual estão inseridos. O projeto conta com o apoio e a parceria do curso de Direito das Faculdades Santo Agostinho, sob a supervisão da professora Izabela Alves Drumond, através do Programa de Iniciação Cidadã da instituição que realiza uma seleção dos acadêmicos interessados em participar do trabalho como monitores dos vereadores municipais mirins. “Serão reuniões quinzenais em que nossos acadêmicos irão prestar monitoria aos alunos-vereadores sobre Cidadania, Ética, entre outros assuntos relevantes e de interesse comum. Esse projeto começou de um sonho e desejo em tê-lo aqui em Montes Claros. Então, procurei a Cristiane Nunes, minha amiga, e juntas desenvolvemos, com o apoio da Câmara Municipal, o projeto na cidade. E quando apresentei o projeto para a direção das Faculdades Santo Agostinho, o coordenador do curso de Direito, professor Doutor Rafael Soares Duarte de Moura, abraçou e comprou a ideia de imediato. Hoje, são quatro anos de parceria com a Escola do Legislativo. O sonho se tronou realidade porque sonhamos juntos e vemos a importante contribuição que as Faculdades Santo Agostinho têm neste processo de formar pessoas melhores, conscientes e cidadãos críticos. Desejo um grande trabalho durante a parceria que terá duração durante todo o ano de 2018”, destacou a professora.

Acadêmico do 3º período matutino de Direito das Faculdades Santo Agostinho, Caio Fargnoli será um dos monitores no Programa de Iniciação Cidadã, em parceria com a Escola do Legislativo. “Iremos trabalhar com os jovens e adolescentes questões e projetos sociais, debater sobre problemas na cidade, trazer ideias, ouvir dos estudantes soluções e propostas de melhorias para as comunidades, além de despertar a consciência política”, destacou o acadêmico.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Cláudio Prates (PTB), ressaltou na posse dos 44 vereadores municipais mirins, a importância desse projeto de cidadania, que aproxima a comunidade do Legislativo. “São projetos como o Vereador Mirim, o Parlamento Jovem, que contribuem para a discussão do pensar a política e a cidadania em nossa cidade. Os nossos novos colegas foram eleitos democraticamente em suas escolas e têm, a partir de agora, uma responsabilidade muito grande. Eles irão conhecer de perto qual é o papel do vereador, como legislar, propor melhorias, fiscalizar o executivo, tudo em prol do bem da sociedade. São agora, responsáveis para divulgar essas ações em suas comunidades”, destacou.

Cristiane Nunes, diretora da Escola do Legislativo, frisou que há quatro anos o projeto existe em Montes Claros com o apoio incondicional da Câmara Municipal, Faculdades Santo Agostinho e das escolas participantes. “Agradecemos a Escola Municipal Afonso Salgado, Escola Municipal Jair de Oliveira, Escola Estadual Belvinda Ribeiro e Escola Estadual Carlos Versiani pelo interesse em participar. Sem vocês, não seria possível estarmos aqui hoje. Fomos bem recebidos por vocês, que contribuíram para o sucesso do projeto. Vocês estão de parabéns por nos ajudar na formação de cidadãos políticos onde estiverem, com ideais jovens, com direitos, deveres em um ambiente totalmente democrático que o projeto propõe”, disse.

Luara Maria Melo Xavier, tem 12 anos e estuda na Escola Estadual Carlos Versiani, e pelo segundo ano, consecutivo, foi eleita vereadora municipal mirim. “É muito gratificante poder ajudar minha comunidade. O projeto é tão interessante, que me candidatei este ano e fui eleita outra vez pelos meus colegas para ser uma das representantes da escola. Ano passado, fizemos propostas de projetos que viraram leis e que ajudaram a asfaltar parte do nosso bairro e isso me encheu de orgulho. Poder fazer algo pela comunidade na qual você mora é muito gratificante”, finalizou.

IMG_0738