Banner Notícia

Novas perspectivas de mercado, gestão de negócios e equilíbrio emocional em debate no curso de Direito

Em uma nova era em que os pessoas buscam sempre dar o melhor de si na vida profissional em tempos de crise e afirmação no mercado de trabalho, surgem dúvidas quanto ao equilíbrio emocional e a busca pelo autoconhecimento das pessoas para uma harmonia e bem-estar financeiro, espiritual, familiar e no trabalho.

Foi justamente pensando nesta linha que a professora Maria Fernanda Oliveira Maia Amorim e o professor Darcley Soares Menezes propuseram uma Mesa Redonda para os acadêmicos do 9º e 10º períodos do curso de Direito das Faculdades Santo Agostinho com o tema “Os desafios e as tendências na busca pelo autoconhecimento e equilíbrio emocional, na gestão de negócios jurídicos e as novas perspectivas no Direito”.

O debate aconteceu na noite de terça-feira, 24, no auditório do Campus Shopping e contou com a participação do palestrante Antônio Carlos Soares, o professor Darcley Soares Menezes e a professora Talita Soares Moran.

Talita Moran ressaltou que as novas perspectivas do mercado de trabalho não são animadoras devido à crise na economia, mas que os novos profissionais do Direito precisam ser bem criativos e ser o diferencial. “Compartilho minha experiência com os alunos e deixo claro que eles precisam ser mais empreendedores e menos passivos. A advocacia de ficar no escritório esperando o cliente vir até você está fadada ao fracasso. Hoje, o profissional precisa ir até o seu cliente. Existem muitos meios para isso, basta colocar a criatividade em ação”, destacou.

A gestão das emoções na profissão foi o tema proposto pelo palestrante, instrutor e coach comportamental, Antônio Carlos Soares. Ele destacou que a maioria das pessoas está doente justamente porque não sabe usar o emocional e a razão de forma equilibrada. “As pessoas querem ser o melhor profissional, o mais competitivo e acabam se tornando. Porém, em compensação, são péssimos de relacionamento interpessoais com colegas e em casa, com a família”, frisou.

A professora Maria Fernanda Amorim destacou que a ideia da Mesa Redonda foi justamente proporcionar reflexões e conhecimentos extra-acadêmica, fora da grade curricular. “Esses debates são extremamente importantes na construção  e formação integrada do conhecimento do conteúdo de Direito, promovendo uma formação humanitária que busca auxiliar no que ainda está por vir dos futuros profissionais de Direito”, ressaltou.

Lucas Oliveira Rocha, acadêmico do 10º período matutino do Curso de Direito das Faculdades Santo Agostinho, disse que a Mesa Redonda trouxe grandes nomes da advocacia com vasto conhecimento no Direito e na prática do judiciário, além de um ótimo Coach que explicou como trabalhar as emoções e autoconhecimento tanto na área profissional quanto na vida pessoal. “Foi perfeita a Mesa Redonda. Ganhamos com o debate que foi muito enriquecedor para a nossa vida pessoal e para a vida profissional”, finalizou.

 

Sobre os debatedores

Antônio Carlos Soares é Palestrante, Instrutor e Coach comportamental. Mestre em Administração com ênfase em Relações de Poder e Dinâmica das Organizações, graduado em Administração de Empresas, pós-graduado em Gerenciamento de Pequenos Negócios e Desenvolvimento Cooperativista, Certificação internacional de Practitioner em PNL – Programação Neurolinguística, Professional Coaching com BCI (Behavioral Coaching Institute) e ENEAGRAMA das Personalidades.

 

Darcley Soares Menezes possui graduação em Direito pela Universidade Estadual de Montes Claros (1999), pós-graduação em Direito Administrativo pelas Faculdades Santo Agostinho e mestrado pelo Centro Acadêmico Unihorizontes. Atualmente é professor do Instituto Educacional Santo Agostinho, advogado na Menezes Consultores e Advogados Associados e Diretor da Associação Mineira de Direito do Estado - AMIDE.

 

Talita Soares Moran possui graduação em Direito pela Universidade Estadual de Montes Claros (2003). Especialização em Direito Processual e Mestrado em Desenvolvimento Social pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Atualmente, a advogada é professora da Unimontes e da Faculdade de Direito Santo Agostinho (Fadisa).